Arquivo da tag: Cultura

Últimas apresentações de ” A comédia da falha trágica”

Foto Jesualdo Castro

Foto Jesualdo Castro

Quem ainda não assistiu, tem até o próximo domingo, dia 29, para conferir o espetáculo  “A comédia da falha trágica”, com texto, trilha original e direção de José Luiz Ribeiro. A montagem do Grupo Divulgação (GD) ficará em cartaz de quarta a domingo, às 20h30, no Forum da Cultura. As reservas podem ser feitas pelo telefone 3215-3850. O Forum da Cultura está situado na Rua Santo Antônio, 1112, no Centro em Juiz de Fora/MG.

Do medieval ao contemporâneo

Foto Jesualdo Castro

Foto Jesualdo Castro

Inspirado livremente na clássica obra “A divina comédia”, de Dante Alighieri, “A comédia da falha trágica” faz uma viagem cômica ao inferno que precisa mudar sua imagem diante da opinião pública.

Dante volta ao inferno na contemporaneidade brasileira e encontra exemplos de barbárie. Os condenados ao fogo eterno não encontram diferença entre o inferno medieval e a violência do cotidiano marcada pela ganância, pelo poder e pela ausência de escrúpulos.

O espetáculo é intercalado por músicas compostas especialmente para as diversas cenas, além de prestar uma homenagem a Noel Rosa. Um elenco de dezoito integrantes, além da equipe técnica vive esta história entremeando riso e reflexão sobre o tempo atual.

O texto e a direção são assinados por José Luiz Ribeiro, que criou também as músicas originais apresentadas com arranjos de Dionísio Giovanini. No palco, Wall Oliver e Márcia Falabella vivem os reis do inferno e Victor Dousseau protagoniza Dantes. O elenco conta ainda com os atores: Marcos Saramela, Rebecca Gramlich, Johnes Drummond, Mariana Sampaio, Felipe Vasconcelos, Júlia Buttenbender, Lorenza Cris, Saulo Machado, Diogo Miranda, Renan Souza, Michell Costa, Fabrício Alves, Ana Santos, Marina Lopes. E na sonotécnica, Marina Metri.

 

20150315_112151

Inaugurada Praça CEU Zona Norte

Foi inaugurado na manhã deste domingo, 15, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) da Zona Norte de Juiz Fora/MG. Localizada no Bairro Benfica, a Praça CEU reúne em um terreno  de 7 mil metros quadrados equipamentos de lazer, esporte e serviço público como quadra poliesportiva coberta, teatro, biblioteca, telecentro, equipamentos de ginástica, pista de skate, pista para caminhada e também o Centro de Referência de Assistência Social (Cras-Norte). No espaço que será coordenado pela Funalfa, serão ministrados cursos, práticas artísticas e esportivas, além de grupos de atividades para cidadãos da Terceira Idade.

Estiveram presentes no evento o prefeito Bruno Siqueira, vereadores, assessores, autoridades e líderes comunitários da região. As atividades inaugurais contou com shows, atividades lúdicas, corte de cabelo, contação de histórias, orientações sobre saúde, exposições, entre outros.

A Praça CEU faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e foi financiada pelo Governo Federal em Parceria com a Prefeitura Municipal de Juiz de Fora. Foram investidos R$ 4.450.534,28 sendo 3,5 milhões repassados pelo Governo Federal e o restante pela Prefeitura de JF.

Confira algumas fotos. Clique em cima da foto para ver a versão ampliada

pa

Viajar é sempre muito bom

Reportagem: Tábata Soares
Edição: Messias Matheus

Foto: Imagens Google
Foto: Imagens Google
Foto: arquivo pessoal Angélica Simeão

Para viajar bem e barato é preciso muita pesquisa e planejamento. Antes de arrumar as malas, os viajantes têm que escolher o destino da viagem, e ficar atento à hospedagem, à alimentação, aos hábitos e costumes locais, entre outros. Muitos brasileiros optam por destinos europeus, porém alguns roteiros turísticos podem pesar no bolso. Para quem quer economizar e divertir gastando pouco dinheiro é importante usar a criatividade e escolher passeios e hospedagens mais acessíveis.

Todo ano, o Backpacker Index – espécie de Índice do mochileiro – aponta os melhores destinos considerando custos básicos de acomodação e transporte, para listar as cidades mais baratas para se viajar. Como o próprio nome diz, os cálculos têm como base um estilo de viagem, digamos, mais despojado. Contudo, não deixa de ser uma referência para quem quer planejar as próximas férias.
Destinos preferidos
 
Praia, montanha, cidade histórica, neve, balneário. São inúmeras as opções de destinos para uma viagem curta, ou um passeio de férias. Neste momento o viajante deve levar em consideração, além do gosto pessoal, a agenda de eventos destas cidades ou países e até dados meteorológicos. Por exemplo, se for visitar cidades com festas tradicionais é preciso saber quando estas festas acontecem; se for esquiar em um país europeu, é preciso confirmar o período de inverno, estação em que o clima estará propício para se aventurar nas montanhas geladas.

Foto: Imagens Google

Viagem boa é aquela que o viajante traz boas recordações. O estudante de administração Arthur Nalon Silveira, já viajou para várias cidades brasileiras. Nalon cita uma viagem à cidade litorânea, Porto de Galinhas, como um dos destinos inesquecíveis, apesar de preferir passeios em regiões serranas. Nova Iorque é o lugar eleito por ele, fora do país.  “cidade grande me agrada muito, lá você encontra pessoas do mundo todo”, revela. Outro possível destino para uma viagem do estudante seria a República Dominicana.

Conhecimento e cultura
 Angélica Simeão, em Barcelona (arquivo pessoal)
Além de turismo, muitos universitários embarcam para outros países para estudar e adquirir experiências culturais por meio de um intercâmbio. Essa foi a escolha da jornalista Angélica Simeão; em 2012 ela fez intercâmbio em Salamanca, Espanha, e nas horas vagas e de lazer viajou por países da Europa.

Arquivo pessoal
Em entrevista para o Blog Fala, Messias!, Angélica conta as suas experiências de viagem e a emoção de conhecer culturas diferentes.
Fala, Messias!: Quantas horas durou o voo mais longo que você já fez?
 
Angélica: A viagem mais longa foi do Brasil à Espanha e vice-versa. Sendo que a da volta demorou mais, atrasou. São cerca de 11 horas.
Fala, Messias!: Tem vontade de conhecer algum outro lugar fora do país?
 
Angélica: Sim, tenho vontade de conhecer a Austrália. Bom, o país tem um quê de exótico. Fiquei encantada quando sediou as Olimpíadas, anos atrás. Aí a vontade nasceu. Também é o local da sede da banda cristã Hillsong. Tenho interesse em participar dos cultos, conhecer a igreja. Tive a oportunidade de “conhecê-los” em Londres. Lá tem uma filial e fiquei muito feliz por participar do culto. Sabe, é uma admiração que sinto por essa denominação, pois buscam a Deus genuinamente. Mesmo sendo em outra língua (tinha áudio tradutor) senti a presença de Deus de forma igual e profunda. Foi tudo muito lindo
Fala, Messias!: Londres ou Paris?
 
Angélica: Definitivamente, Londres. Difícil de explicar, acho que eu mesma não sei, mas tentarei (risos). Eu acho que a atração vem dos filmes e os atores ingleses. A cidade tem um charme em si, acho que por ela ser “cinza”, bem o clima do inverno. Também tem o fato de preferir a língua inglesa do que a francesa (bom, o inglês vem depois do italiano que está logo atrás do espanhol, claro (risos)). Mas esse amor por Londres ou Paris vai de cada um. Paris também é uma cidade bonita, com vários museus e lugares interessantes.
Fala, Messias!: Algum destino exótico entraria em um roteiro de viagem seu?
 
Angélica: Acredito que sim. Talvez a Tailândia seria um local exótico para visitar um dia.
Fala, Messias!: E no Brasil? Que lugar tem vontade de conhecer?
 
Angélica: Tenho vontade de conhecer, em terras brazucas, o Nordeste e o Sul. O Nordeste pelas praias magníficas, e o Sul pelo clima frio (risos).
Fala, Messias!: Uma viagem inesquecível…
 
Angélica: Sem dúvida alguma, a viagem à Londres foi inesquecível. Era o local que queria mais conhecer, porém não tinha certeza se seria possível pois queria companhia pra fazer a viagem – porque é sempre bom viajar em grupo fora que meu inglês não é dos melhores (risos). Quando pisei em terras londrinas, vibrei muito. E a achei muito fácil para se deslocar, as pessoas foram simpáticas conosco… maravilha!!!
Fala, Messias!: Pelo que você percebeu como é viajar de trem, na Europa?
 
Angélica: A viagem de trem Madri à Salamanca foi interessante por ser a primeira vez que fazia uma viagem assim, e por poder contemplar as paisagens das várias cidades que têm entre estes dois locais. Acho que a viagem de trem tende a ser mais confortável.
Fala, Messias!: Quais as dicas pra viajar bem pela Europa?
 
Angélica: Para viajar bem é preciso planejar com antecedência, só pra não ficar muito perdido. Como dito antes, acho mais seguro viajar com um ou mais amigos. Tanto pela companhia quanto pela segurança de não se perder ou ficar em apuros. E isso também é visto com bons olhos pelos estrangeiros. É bom estimar com um valor pra cima quanto se vai gastar, visitar os lugares que são perto uns dos outros, tentar ver aquilo que tanto deseja.
 
 
Decidir o próximo destino, o tempo da viagem ou mesmo descobrir como planejar a próxima viagem pode ser mais divertido do que a gente imagina. Elabore uma lista com o destino da sua viagem, quais os passeios que você quer fazer, qual é o capital que você tem pra investir e se jogue no próximo destino.